Início » Portal Blue Farm » Brasil exportou 7,5 milhões de toneladas de milho em agosto, 74% mais do que em agosto/21

Brasil exportou 7,5 milhões de toneladas de milho em agosto, 74% mais do que em agosto/21

Entidades estimam exportação total do ano entre 40 e 43 milhões de toneladas

O Brasil exportou 7.553.854,7 toneladas de milho não moído (exceto milho doce) ao longo de todo o mês de agosto, de acordo com o relatório divulgado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, por meio da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Sendo assim, o volume acumulado nos 23 dias úteis do mês representa 74,22% a mais do total de 4.335.763 toneladas que foram exportadas durante todo o mês de agosto de 2021.

Com isso, a média diária de embarques ficou em 328.428,5 toneladas, o que na comparação ao mesmo período do ano passado, representa elevação de 66,6% com relação as 197.080,1 do mês de agosto de 2021.

Somente no período entre janeiro e julho de 2022, foi observado um crescimento de 85,7% no comparativo do volume acumulado das vendas externas de milho no mesmo período do ano anterior.

“O movimento está relacionado à dificuldade da China em internalizar as cerca de 10 milhões de toneladas do grão que normalmente eram trazidas da Ucrânia, além da incidência de pragas nas lavouras que o país asiático tem enfrentado. Além disso, em razão de intempéries climáticas, as estimativas de produção de milho na Europa foram reduzidas em quase cinco milhões de toneladas, indicando que a demanda pelo produto do Brasil deverá aumentar”, destaca a Conab em nota divulgada em agosto.

Já para todo o ciclo, a Anec projeta exportações brasileiras de milho em 43 milhões de toneladas, contra as 41 esperadas pela StoneX e 40 milhões estimadas pela Germinar Corretora.

As perspectivas são de ainda mais exportações nos próximos meses, especialmente com o advindo da China chegando ao mercado brasileiro para importar o milho nacional.

“Nós sabemos do apetite chines e se eles vierem não vai ser para comprar poucos volumes. O Brasil já deve exportar muito em 2022 e isso tende a aumentar ainda mais essa demanda”, afirma o diretor da Pátria Agronegócios, Cristiano Palavro.

Em termos financeiros, o Brasil arrecadou um total de US$ 2,061 bilhões no período, contra US$ 832,741 milhões de todo agosto do ano passado. O que na média diária, deixa o atual mês com aumento de 136,8% ficando com US$ 89,652 milhões por dia útil contra US$ 37,851 milhões no último mês de agosto.

Outra elevação apareceu no preço por tonelada obtido, que subiu 42,1% no período, saindo dos US$ 192,10 no ano passado para US$ 273,00 neste mês de agosto.