Início » Portal Blue Farm » Déficit de produtos químicos é recorde

Déficit de produtos químicos é recorde

No acumulado do ano, até agosto, as compras de produtos químicos vindos do exterior totalizam US$ 55,1 bilhões

O déficit em produtos químicos bateu um novo recorde e ultrapassou os US$ 62 bilhões nos últimos doze meses, de acordo com informações divulgadas pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim). “Desde meados de 2021, as importações brasileiras de produtos químicos têm se consolidado em um novo e alarmante patamar, estabilizando-se, desde maio, na crônica marca dos US$ 8 bilhões, praticamente o dobro do valor médio mensal registrado antes da pandemia da COVID19, que oscilava entre US$ 3 e U$ 4,5 bi”, comenta.

“As exportações brasileiras de produtos químicos, por sua vez, têm permanecido estáveis, em níveis mensais bastante inferiores ao das importações, com vendas médias de US$ 1,5 bilhão, relativas às expedições mensais de 1,2 milhão de toneladas aos países de destino das mercadorias nacionais, somente agora retomando o mesmo patamar das quantidades vendidas em 2017”, completa, por meio de sua assessoria de imprensa.

No acumulado do ano, até agosto, as compras de produtos químicos vindos do exterior totalizam US$ 55,1 bilhões, expressivo aumento de 52,5% frente ao mesmo período de 2021. “As exportações, por sua vez, alcançaram US$ 12,1 bilhões, aumento de 35,3% na comparação com o valor registrado entre janeiro e agosto do ano passado, resultado devido especialmente à elevação dos preços médios, de 34,3%, dos principais produtos químicos exportados pelo País. O déficit na balança comercial de produtos químicos, até agosto, chegou a US$ 43 bilhões, crescimento de consternadores 58,1% em relação ao igual período de 2021, valor, no acumulado em apenas oito meses, praticamente igual ao maior déficit já registrado, de US$ 46,2 bilhões (2021)”, conclui.