Início » Portal Blue Farm » Soja: Alta de R$ 3,00 na Saca da Soja no RS e SC. Previsão de perdas chega em até 30%.

Soja: Alta de R$ 3,00 na Saca da Soja no RS e SC. Previsão de perdas chega em até 30%.

Preços soja

Já o Paraná segue nos níveis anteriores, pela ausência de demanda

O mercado da soja do Rio Grande do Sul está com ótimos valores, já que registrou um aumento de R$ 3,00/ saca, de acordo com informações da TF Agroeconômica.“Agora que o produtor se depara com a possibilidade de grandes perdas nos cultivos buscará os melhores preços possíveis. Com isso, mesmo os níveis de hoje subindo em outros R$ 2,00/saca em relação à sexta-feira, quase nada em negócios foi feito. O preço de pedra no que lhe concerne também contou com aumento de R$ 0,50/saca, indo a R$ 162,50”, comenta.

Em Santa Catarina o mercado passa por nova valorização de R$ 3,00/saca, mas tem preocupações com o clima. “O farelo de soja continua subindo, se destacando hoje em quase outros 2% por conta da alta demanda que surgiu vinda do hemisfério norte após o retorno do porto de New Orleans.

A falta de chuva que já vem preocupando o produtor desde novembro e agora passa a impactar ainda mais a safra. Quanto à possibilidade “b”, ainda não foi feito uma estimativa total de perdas, mas outras regiões como o PR já estimaram perda de qualidade em quase 30% o total plantado, provavelmente para o resto do Sul o resultado não será muito distante”, completa.

Soja: alta chega a R$ 3,00

Grãos de soja

Já o Paraná segue nos níveis anteriores, pela ausência de demanda.

“Com a área destinada para a cultura da soja semeada, os produtores paranaenses seguem com alta preocupação a respeito da falta de chuvas na região. Até o atual momento, estima-se pioras em cerca de 25% da safra, com 1% desse todo chegando a péssimas condições. Os preços devem responder tanto à qualidade quanto a quantidade da soja plantada, por isso a preocupação é compreensível”, conclui.

Fonte: Agrolink

Leia também:
DATAGRO prevê produção de 142,63 MI de T de soja na safra brasileira de 2021/22

Soja: Mercados do grão, farelo e óleo se recuperam nesta 2ª feira acompanhando demais commodities